Senadora democrata propõe imposto sobre grandes fortunas; medida fracassou na Europa

A Senadora Elizabeth Warren (Democrata) e pré-candidata às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América (EUA) propôs um imposto sobre os mais ricos, sendo de 2% para os milionários (a partir de US$ 50 milhões) e de 3% para os bilionários. Essa mesma proposta fracassou na Europa, onde havia 12 países que aderiram nos anos 90, mas agora há apenas três.

Na França, vários milionários alocaram os recursos para o exterior, como o famoso ator Gerard Depardieu (70 anos), que retirou seus investimentos e dinheiro do país tão logo o ex-Chefe de Estado, François Gérard Nicolas Hollande, do Partido Socialista, instituiu o impostos sobre grandes fortunas.

LeiaMais

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO
ANÚNCIO

Os críticos da medida dizem que ela é uma penalização sobre os cidadãos bem sucedidos, afasta os investimentos e gera desemprego e queda de renda, pois as pessoas preferem se esforçam menos devido à punição, ou arrumam meios de sonegar, ou simplesmente se retiram para locais onde não sejam penalizados.

Os defensores da medida defendem que ela promove “ justiça social” realocando recursos dos mais ricos aos mais pobres.


Nos ajude a construir uma mídia independente, apoie o S1N7ESE e receba recompensas e vantagens por isso: clique aqui!


Conteúdo relacionado

Deixe um comentário
avatar
1000
  Se inscrever  
Notificação de
Próximo post