Rússia procura EUA para conversar sobre a Venezuela

Conversações serão pautadas pelos princípios da Carta da ONU

O Ministro de Negócios Estrangeiros da Rússia, Sergei Lavrov, entrou em contato telefônico com o seu homônimo americano, Mike Pompeo, neste sábado (2), segundo a CNBC. A Rússia se diz disposta a iniciar conversações bilaterais com os Estados Unidos da América (EUA) sobre o crise da Venezuela e a ditadura comunista de Nicolás Maduro.

As últimas duas resoluções propostas crise na Venezuela, no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas ( ONU), foram vetadas, a primeira foi vetada por Rússia, China e África do Sul, aliados de Maduro, e dizia respeito a realização de eleições livres no país sul-americano e envio de ajuda humanitária, proposta pelos EUA, e a segunda “denunciava” ameaças do uso da força contra Caracas, também vetada.

LeiaMais

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO
ANÚNCIO

Os países discutirão a crise venezuelana dentro dos princípios da Carta da ONU “uma vez que apenas os venezuelanos têm o direito a determinar o seu futuro”, diz um comunicado do Ministro russo. Ambos também estão dispostos a levar adiante as conversações sobre Síria, Afeganistão e a península coreana, em especial, à ditadura da Coréia do Norte.


Nos ajude a construir uma mídia independente, apoie o S1N7ESE e receba recompensas e vantagens por isso: clique aqui!


Fonte: Observador

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário
avatar
1000
  Se inscrever  
Notificação de
Próximo post