PSOL recorre ao STF para evitar que MP antifraude seja sancionada

O deputado federal Ivan Valente(PSOL) recorreu ao Supremo Tribunal Federal para impedir que a Medida Provisória antifraude seja sancionada.

No pedido, feito ao ministro Marco Aurélio, o deputado alega que ocorreu uma mudança no mérito da proposta aprovada pelos senadores.

LeiaMais

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO
ANÚNCIO

Essa mudança é em relação ao termo “gênero” que foi substituído no senado por “sexo”, pelo senador Eduardo Braga( MDB). Ivan Valente está usando este pequeno detalhe para fazer com que a MP do pente fino do INSS seja desfeita.


Nos ajude a construir uma mídia independente, apoie o S1N7ESE e receba recompensas e vantagens por isso: clique aqui!


Conteúdo relacionado

Deixe um comentário
avatar
1000
  Se inscrever  
Notificação de
Próximo post