Narcotraficante venezuelano envia filhos à China por temor de queda de Maduro

Diosdado Cabello é considerado o número dois da ditadura venezuelana e líder do Cartel dos Sóis

O narcotraficante venezuelano, líder do Cartel de los Soles (Cartel dos Sóis) e responsável pelo tráfico de 90% da cocaína produzida pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), Diosdado Cabello, pagou US$ 7,579.50 por cada passagem de avião aos seus filhos,
Tito Diosdado Cabello Contreras e Daniella Desiree Cabello Contreras, que farão escala em Cuba e Rússia, com destino final na China.

O envio dos filhos à China, por Cabello, foi descoberto pelo jornalista Vladimir Kislinger, que publicou as informações em sua contra pessoal na rede social Twitter. Os filhos de Cabello usaram seus sobrenomes maternos, ao invés dos sobrenomes paternos, para viajarem e só passarão por países aliados ao ditador comunista Nicolás Maduro, até desembarcar num dos principais parceiros da ditadura venezuelana.

LeiaMais

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO
ANÚNCIO
“São dois dos filhos do número dois do chavismo, que esperam passar desapercebidos usando o sobrenome materno para sair do país”
“Se trata de Tito Diosdado Cabello Contreras e de Daniella Desiree Cabello Contreras que já se encontram fora do país. Será que por sua fama como cantora que Caniella quis ocultar suas identidades por trás de nomes como Desiree e Tito Contretas, ou esta é a saída dos Cabello perante uma queda iminente?””
“Aqui está a passagem de embarque que confirma a informação: ambos os filhos de Diosdado Cabello se encontram em Moscou, após viajarem de Havana através da companhia aérea russa Aeroflot. O destino final será Pequim, com voo marcado para chega hoje, domingo (24), partindo de Moscou”

Os Cabello também utilizaram uma companhia aérea de um país aliado à Venezuela, onde seu pai é considerado o número dois na linha de comando. Diosdado é procurado em diversos países, principalmente nos Estados Unidos da América (EUA), devido às suas atividades narcotraficantes e associação às FARC.

Pouco após a publicação de Kislinger, que está em Orlando, no Estado americano da Flórida, a jornalista Carla Angola publicou um vídeo em sua conta oficial do Twitter, onde conversa com o colega de profissão, corroborando a notícia dada por ele.

” ‘Diosdado Cabello retirou seus dois filhos do país usando seus segundos nomes e sobrenome materno e já devem estar na China’. E a informação exclusiva que me reportou o jornalista venezuelano em Orlando (EUA), Vladimir Kislinger”

O Senado Republicano Marco Rúbio (EUA) respondeu também via Twitter às mensagens de Diosdado e ameaças aos militares e funcionários públicos que pensem em retirar o apoio à Maduro para reconhecerem a Guaidó como presidente. Rubio ainda disse que Diosdado “parece estar preocupado com algo”, o que parece ser corroborado pelo envio dos seus filhos à China.


Nos ajude a construir uma mídia independente, apoie o S1N7ESE e receba recompensas e vantagens por isso: clique aqui!


Conteúdo relacionado

Deixe um comentário
avatar
1000
  Se inscrever  
Notificação de
Próximo post