Informações atualizadas do massacre a escola em Suzano

Dois atiradores, um de 17 e outro de 25 anos, entraram no local atirando em uma escola na periferia de Suzano, na região metropolitana de São Paulo.

Seis alunos e dois funcionários da escola foram baleados e mortos, outras duas pessoas foram feridas e estão no hospital. A informações que outras duas pessoas morreram, ligações com a escola não foram confirmadas, a polícia está investigando se essa morte tem relação com o ataque a escola Raul Brasil.

LeiaMais

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO
ANÚNCIO

O GATE faz varredura na escola porque foram encontrados artifícios que podem ser explosivos. Havia com os assassinos um revólver calibre 38, um artefato usado para recarregar o revolver e também uma besta (peça semelhante a um arco e flechas.

Os 10 feridos foram levados ao hospital. Segundo a polícia, uma das vitimas pode ser tio de um dos agressores, foi levado para Santa Casa de Suzano, mas não sobreviveu. Ele foi ferido antes do ataque a escola, trabalhava no lava-rápido próximo do local, onde o carro usado pela dupla foi roubado.

O governador João Dória, que está no local, deu uma declaração a imprensa confirmando que os assassinos não eram ex alunos da escola, porém, segundo a PM um dos criminosos, Guilherme Tacci Monteiro, 17 anos, era reincidente da Fundação Casa e sofria bullying na mesma escola e esse pode ser um dos motivos para o ataque bárbaro. O outro era Luiz Henrique de Castro, 25 anos, a policia ainda não divulgou informações sobre ele.


Nos ajude a construir uma mídia independente, apoie o S1N7ESE e receba recompensas e vantagens por isso: clique aqui!


Conteúdo relacionado

Deixe um comentário
avatar
1000
  Se inscrever  
Notificação de
Próximo post
CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO
ANÚNCIO