Holanda intercepta carregamento de Vodca destinado a Kim Jong-Un

Interceptação e apreensão ocorreram no porto de Roterdã; carga envolve grandes players mundiais

A Alfândega da Holanda interceptou um contêiner com no mínimo 90 mil garrafas de vodca destinadas ao ditador comunista da Coréia do Norte, Kim Jong-Un, e seu comando militar. A carga, que é originária da Rússia, foi interceptada e apreendida no porto de Roterdã, dentro de um navio e escondida sob o casco de um avião.

Recentemente o ditador comunista pediu ajuda humanitária devido à grave crise alimentícia pela qual passa o povo norte-coreano. Apesar dessa crise humanitária, Kim Jong-Un não se furta ao consumo de artigos de luxo e vodcas caras, cuja exportação à Coréia do Norte é proibida pelas sanções impostas pela Organização das Nações Unidas ( ONU).

LeiaMais

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO
ANÚNCIO

O navio foi nomeado de Nebulosa e pertence à companhia marítima chinesa Cosco Shipping.

Mais de 10 milhões de norte-coreanos estão em risco alimentar elevado e aproximadamente 40% da população sofre com problemas oriundos da desnutrição. A porção diária de alimentos fornecida à população diminuiu de 550 gramas para 300 gramas ao dia, e pelo visto, os 250 g faltantes em cada prato, se transformou em vodca.


Nos ajude a construir uma mídia independente, apoie o S1N7ESE e receba recompensas e vantagens por isso: clique aqui!


Fonte: Conexão Política

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário
avatar
1000
  Se inscrever  
Notificação de
Próximo post