Governador do Paraná cortará R$100 milhões em contratos de marmitas para presidiários

Economia de recursos ocorrerá sem necessidade de alteração do tipo de contrato, nem da empresa contratada

O governador do Paraná, Ratinho Júnior (PSD), informou que cortará R$100 milhões em contratos de fornecimento de marmitas ao presidiários do Estado e aos presos em delegacias. Ocorrerá uma revisão dos valores individuais atuais, gerando uma economia de R$100 milhões, segundo a equipe técnica contratada para realizar a análise. O cardápio é definido pela área de nutrição do Departamento Penitenciário (Depen), mas o valor pago por cada refeição é estabelecido de acordo com o modelo de licitação adotado.

Ratinho Jr deu a declaração ao programa Em Ponto, da Globonews, e garantiu que o anúncio de corte será feito nos próximos dias. Segundo o governador o tipo de contrato e a empresa são os mesmos, mas os valores serão renegociados, pois o dinheiro dos pagadores de impostos era mal gasto e mal administrado, pois “faltava gestão e pulso firme”.

LeiaMais

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO
ANÚNCIO

O governador também defendeu a concessão de presídios à iniciativa privada, para trazer maior eficiência na gestão penitenciária. Ainda informou que o custo médio de um presidiário no Brasil é de US$1.2 mil, enquanto que a média mundial é de US$1 mil – não foi especificado se o custo é mensal ou anual.

“Cinquenta por cento dos presídios americanos já são geridos por empresas privadas. Sem tirar a tutela do estado de ser responsável pelo preso, mas a gestão em si é necessário passar para a iniciativa privada”


Nos ajude a construir uma mídia independente, apoie o S1N7ESE e receba recompensas e vantagens por isso: clique aqui!


Fonte: G1
Roberto Barricelli

Roberto Barricelli

Jornalista e historiador. Diretor de Comunicação da Liga Cristã Mundial, foi assessor de imprensa do Instituto Liberal (RJ). Desenvolve estudos nas áreas de filosofia, história e ciência política.

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário
avatar
1000
  Se inscrever  
Notificação de
Próximo post
CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO
ANÚNCIO