Criador do Estatuto do Desarmamento é assassinado a tiros

Gerson Camata foi deputado, senador e governador do Espírito Santo. A arma utilizada não é registrada

O ex-deputado, senador e governador do Espírito Santo, Gerson Camata, foi assassinado na tarde de ontem, em Vitória (ES), por um ex-assessor contra o qual movia uma ação. Marcos Venicio Moreira Andrade confessou o crime, cuja motivação foi uma ação do ex-governador, que obteve bloqueio de 60 mil reais da conta bancária do ex-assessor.

Andrade tem 66 anos e trabalhou para Camata por 20 anos. O flagrante resultou em autuação por homicídio qualificado por motivo torpe. Camata tinha 77 anos, não resistiu aos ferimentos e faleceu no local. O assassino será encaminhado hoje, 27 de dezembro de 2018, ao Centro de Triagem de Viana (CTV).

LeiaMais

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO
ANÚNCIO

Gerson Camata ficou conhecido por ser o autor da lei que resultou no Estatuto do Desarmamento, quando era Senador. Ironicamente, a arma utilizada por Andrade para assassinar Camata não possui registro, portanto, é ilegal; o Estatuto do Desarmamento foi incapaz de preservar a vida de seu próprio criador.

Em 2000 o ex-assessor denunciou Gerson Camata à imprensa, afirmando que o ex-governador recebera propina de empreiteiras, apresentados recibos falsos para a Justiça Eleitoras e utilizado verbas parlamentares irregularmente. Todas as acusações foram negadas pelo ex-governador.

Andrade solicitou no processo que não tivesse que arcar com as despesas judiciais, alegando falta de recursos, mas o juiz entendeu que ele dispões de bens suficientes para tal, que somados alcançam 300 mil reais, sendo 3 (três) lojas em shopping e um carro de luxo.

Gerson Camata defendia o desarmamento, a limitação da propriedade privada, a unicidade sindical, à reforma agrária, entre outros pontos. Deixa viúva Rita Camata, ex-deputada federal que foi relatora do Estatuto da Criança e do Adolescente e da Lei de Responsabilidade Fiscal.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO
ANÚNCIO

Nos ajude a construir uma mídia independente, apoie o S1N7ESE e receba recompensas e vantagens por isso: clique aqui!


Fontes: GZH Veja
Roberto Barricelli

Roberto Barricelli

Jornalista e historiador. Diretor de Comunicação da Liga Cristã Mundial, foi assessor de imprensa do Instituto Liberal (RJ). Desenvolve estudos nas áreas de filosofia, história e ciência política.

Conteúdo relacionado

20
Deixe um comentário
avatar
1000
14 Tópicos de comentários
6 Respostas de tópicos
1 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Tópico mais comentado
17 Autores de comentários
PauloRoberto BarricelliHenri LupatoEdie MeirelesLana Autores recentes de comentários
  Se inscrever  
mais novos mais velhos mais votado
Notificação de
Leonardo Sardou
Visitante
Leonardo Sardou

Toda tentativa de limitar o povo de se defender deve ser combatida. O que é imprescindível é a regulamentação do uso das armas. A hipocrisia comunista fez mais uma vítima só que dessa vez aquele que induziu ao criminoso desarmamento da população fez do seu instrumento o próprio algoz. Todos os políticos e “ famosos “ que pregam o desarmamento estão sempre cercados por seguranças armados, muitas vezes com armas ilegais. Querem ter o direito de de protejer mas o negam aos demais.

Valdis A. Grants
Visitante
Valdis A. Grants

Estou muito feliz por ele ter criado o estatuto do desarmamento……mais feliz ainda, por ele ter usufruído do seu próprio veneno…

Bento
Visitante
Bento

Outros coitado ninguém fala .quantos já morreram e lamenta só ele ..Isso tem que mudar

Paulo Gonçalves dias
Visitante
Paulo Gonçalves dias

Todo comunista quer população desarmada

Valadão
Visitante
Valadão

Ainda bem que o estatuto funciona no Brasil… Viva a hipocrisia esquerdopata……

Rafael
Visitante
Rafael

Armas n matam, pessoas matam

Daniel
Visitante
Daniel

Um bandido a menos, ou melhor, dois, um morto e outro na cadeia.

Daniel
Visitante
Daniel

Um bandido a menos.

Paulo
Visitante
Paulo

Foram picados pelo próprio veneno.

Henri Lupato
Visitante
Henri Lupato

Não desejo o mal à ninguém, masss toma vacilão, tomou do próprio veneno!!!

Washington
Visitante
Washington

O país não perdeu nada!!!!

Edie Meireles
Visitante
Edie Meireles

Se fudeu-se.

Lana
Visitante
Lana

Ouvi no noticiário que ele foi assassinado , por ter recebido a maior parte do salário do assessor .

CARLOS EUFRÁSIO
Visitante
CARLOS EUFRÁSIO

…TRISTE IRONIA DO DESTINO. PAGOU COM A MORTE, UMA DÍVIDA, QUE TINHA COM UM EX – ASSESSOR. POIS, SEGUNDO O ASSASSINO, FICAVA O MESMO, COM PARTE DO SALÁRIO QUE PAGAVA À ESTE. PRÁTICA ESSA, ADOTADA POR MUITOS POLÍTICOS SAFADOS, CRETINOS, CORRUPTOS, LADRÕES. O ASSASSINO, PRESO EM FLAGRANTE, UM IDOSO, COM 66 ANOS DE IDADE, QUE TERÁ SUA PRISÃO RELAXADA. O EX- GOVERNADOR, PARTIU DESSA, DE FORMA BRUTA, ASSASSINADO EM VIA PÚBLICA, DEIXANDO UMA BELA, E RICA VIÚVA, DEIXANDO A FAMÍLIA ÓRFÃ. QUANTO AO ASSASSINO, É PROVÁVEL QUE PAGUE SUA PENA, PRESTANDO SERVIÇOS COMUNITÁRIOS. POIS, AS LEIS CRIADAS PELOS HOMENS PÚBLICOS,… Leia mais »

Cleonice Paulino
Visitante
Cleonice Paulino

Tudo bandido.

raquel theophilo
Visitante
raquel theophilo

o problema não está na criaçãi do Estatuto.. Está na falta de mecanismos que fiscalizem e punam quem não estiver dentro da Lei… infelizmente é um longo caminho…

Valadão
Visitante
Valadão

Nossa constituição é formada por Direitos e Deveres. Limitar o direito, limitam se os deveres… Quem não quer portar uma arma, simplesmente não adquira, mas o fato de não querer, não lhe da o direito de proibir alguém que queira.

…Seu direito termina, onde começa o meu…

Hildebrando Rocha dos Santos
Visitante
Hildebrando Rocha dos Santos

Exatamente assim, deve ser….

HILDEBRANDO ROCHA DOS SANTOS
Visitante
HILDEBRANDO ROCHA DOS SANTOS

Ora, mas a lei que não oferece os meios, consistente na sanção adequada e justa…

Próximo post
CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO
ANÚNCIO