Ainda no Governo de Fernando Pimentel (PT) complexo de barragem que rompeu obteve licença de ampliação

Obras de ampliação não chegaram a iniciar, mas aprovação da licença ocorreu de forma relâmpago

Em dezembro de 2018, ao final do governo da Fernando Pimentel – do Partido dos Trabalhadores (PT) -, a Copam – Câmara de Atividades Minerárias do Conselho Estadual de Política Ambiental -, da Secretaria de Meio Ambiente de Minas Gerais, aprovou a ampliação das atividades da VALE no complexo Paraopeba, onde se localiza a mina Córrego do Feijão, cuja barragem rompeu nesta sexta-feira (26).

A Vale obteve a aprovação e o licenciamento em tempo recorde, garantindo a diminuição do potencial de risco da barragem. O procedimento correto era um licenciamento em três fases – licença prévia, instalação e operação – porque a barragem é classe 6, portanto, tendo maior potencial poluidor, contudo, foi transformada pelo Copam em classe 4, durante reunião do órgão.

LeiaMais

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO
ANÚNCIO

A Suppri – Superintendência de Projetos Prioritários – justificou o rebaixamento de classe da barragem como sendo um “erro de digitação”. No entanto, e para a “sorte” da população de Brumadinho (MG), segundo o superintendente da Suppri, Rodrigo Ribas, a licença para a ampliação das atividades ainda não foi entregue à empresa e, por isso, tais obras não tiveram início. Se ainda assim houve rompimento, como seria caso as obras tivessem começado?

Ribas afirma que a alteração na classificação da barragem, de 6 para 4, ocorreu porque uma lei estadual foi alterada, modificando os critérios de classificação. Sendo lei estadual, a alteração foi sancionada pelo então governador Fernando Pimentel (PT); que nem ao segundo turno conseguiu chegar.


Nos ajude a construir uma mídia independente, apoie o S1N7ESE e receba recompensas e vantagens por isso: clique aqui!


Roberto Barricelli

Roberto Barricelli

Jornalista e historiador. Diretor de Comunicação da Liga Cristã Mundial, foi assessor de imprensa do Instituto Liberal (RJ). Desenvolve estudos nas áreas de filosofia, história e ciência política.

Conteúdo relacionado

3
Deixe um comentário
avatar
1000
3 Tópicos de comentários
0 Respostas de tópicos
3 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Tópico mais comentado
3 Autores de comentários
Robeeto AquinoFatima Garcia Passosjosé vicente salles abreu Autores recentes de comentários
  Se inscrever  
mais novos mais velhos mais votado
Notificação de
josé vicente salles abreu
Visitante
josé vicente salles abreu

Parabéns pelo excelente trabalho jornalístico que estão fazendo.

Robeeto Aquino
Assinante
Robeeto Aquino

Isso é um bando de terroristas, estão queimado arquivos aí longo desses anos.

Fatima Garcia Passos
Visitante
Fatima Garcia Passos

O PT novamente assassinou o país. Pimentel como governador de Minas autorizou a expansão da Vale onde não havia licença ambiental. Teve o apoio de Dilma Rousseff. Tudo por dinheiro.

Próximo post
CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO
ANÚNCIO